A BASF lançou a edição do edital Conectar para Transformar 2018. Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento das comunidades em que atua, a empresa está em busca de novos projetos de impacto social nas áreas de educação científica e ambiental; empregabilidade; ou proteção dos recursos naturais e biodiversidade.

O edital BASF Conectar para Transformar é publicado no Brasil, Chile e Argentina e tem como foco os municípios de Guaratinguetá e São Bernardo do Campo (Brasil), Carrascal (Quinta  Normal, Chile) e Tortuguitas (Malvinas Argentinas,  Argentina), municípios onde a empresa possui unidades. Podem participar  entidades com ou sem fins lucrativos, ONGs, OSCIPs e empreendedores individuais (MEIs) de qualquer região dos três países, no entanto, os projetos devem ser implementados nos quatro municípios citados.

No Brasil,  a BASF investirá até R$ 80 mil com recursos próprios em cada projeto selecionado. As inscrições devem ser feitas até 28 de setembro por meio do website https://prosas.com.br/editais/2824-basf-conectar-para-transformar-2018.

“Na BASF, a sustentabilidade é parte integral da nossa estratégia, englobando os pilares ambiental, social e econômico. Com o edital Conectar para Transformar, temos oportunidade de desenvolver parcerias com outras instituições criando um impacto positivo em toda a sociedade, com foco nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, da Organização das Nações Unidas (ONU)”, afirma a diretora de Relações Institucionais da BASF para a América do Sul, Cristiana Brito.

A seleção pública de projetos faz parte da estratégia de engajamento social da BASF, que visa conectar os desafios sociais à estratégia do negócio, contribuindo para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Fonte: AI