Inspirada no evento promovido pela Associação de Marketing Agrícola dos Estados Unidos (NAMA na sigla em inglês), a AgriMarketing Competition será realizada pela primeira vez no Brasil para estimular o desenvolvimento de conhecimento sobre os assuntos ligados às estratégias de marketing da cadeia produtiva na agroindústria.

Poderão participar estudantes de graduação de todas as áreas do conhecimento, organizados em grupos de até seis pessoas, que apresentarem um produto, serviço ou tecnologia que sejam aplicáveis ao agronegócio e à área de alimentos, bem como um plano de inserção no mercado.

O objetivo é promover o empreendedorismo e o desenvolvimento do setor agrícola. O evento é realizado pelo MarkEsalq, um grupo de extensão e pesquisa nas áreas de marketing da Esalq/USP (Piracicaba/SP), em parceria com a Bayer (São Paulo/SP).

A competição oferece prêmios de até R$ 3 mil para os melhores projetos de soluções para a cadeia do agronegócio. Além da quantia em dinheiro, o primeiro colocado poderá contar com a consultoria da startup IZAgro para tirar a sua ideia do papel.

De acordo com o professor e coordenador da MarkEsalq, Eduardo Spers, o plano de marketing a ser desenvolvido deve dar ênfase ao valor agregado pela diferenciação da solução proposta. “Queremos estimular o desenvolvimento dos conceitos de marketing para o agronegócio nas universidades”, diz.

As dez melhores propostas serão selecionadas para participar da etapa final de apresentações, no dia 11 de novembro, no Campus da Esalq/USP em Piracicaba. Além dos cases dos alunos, o evento contará com palestras e profissionais do setor. “A proposta é colocar os alunos em contato direto com profissionais especializados na área e de empresas do setor, além de proporcionar momentos de troca de experiências e networking, para apoiar o aprendizado e desenvolvimento profissional dos alunos”, afirma o professor Spers.

As equipes interessadas devem se inscrever no site do evento até o dia 13 de outubro. Os estudantes não aprovados na primeira etapa poderão comparecer à etapa final de apresentações dos cases e palestras. A participação como ouvinte é gratuita, mediante a doação de 1kg de alimento não perecível.

Fonte: AI