A Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (USP/Esalq) celebra, hoje dia 03 de junho, às 15h00, no Salão Nobre, mais um aniversário. A comemoração, recheada de fatos históricos e contemporâneos e de homenagens a entidades de classe, governamentais, científicas e acadêmicas, contará com presença de autoridades municipais e estaduais, além de ilustres convidados que imprimirão o vigor de uma renomada instituição de ensino e pesquisa.

Fundada em 03 de junho de 1901, a Esalq, uma das unidades da USP no interior, chega aos seus 118 anos fortalecendo seu papel de protagonista e perpetuando sua liderança na formação de profissionais que compartilham seus saberes com a sociedade.

A cerimônia se dividirá em cinco momentos distintos: homenagem a entidades de classe, governamentais, científicas e acadêmicas; homenagem aos registros históricos da instituição; reflexão com prof. Jacques Marcovitch; instalação do banco com Luiz de Queiroz; e abertura da exposição “O que estamos celebrando hoje?”.

A primeira sessão de homenagens será prestada aos 25 anos do Programa USP Recicla; 35 anos do Museu e Centro de Ciências, Educação e Artes “Luiz de Queiroz”; 35 anos do Centro de Tecnologia da Informação “Luiz de Queiroz”; 50 anos de Escola de Engenharia de Piracicaba (EEP); 75 anos da Revista Scientia Agrícola (Anais da Esalq); 85 anos da Universidade de São Paulo (USP); e 110 anos do Centro Acadêmica “Luiz de Queiroz”.

Demais tributos serão feitos aos registros históricos da ESALQ, pelos 20 anos do Programa de Pós-Graduação em Recursos Florestais; 55 anos de implantação dos Programas de Pós-Graduação na Esalq e 55 anos de criação dos Programas de Pós-Graduação em Estatística e Experimentação Agronômica / Fitopatologia / Genética e Melhoramento de Plantas / e Solos e Nutrição de Plantas.

A reflexão com Jacques Marcovitch e a instalação do banco com Luiz de Queiroz, dois importantes atos inseridos na cerimônia, terão efeito sobre os 170 anos de nascimento do idealizador da Esalq, Luiz Vicente de Souza Queiroz. A reflexão com o professor Jacques Marcovitch, reitor da USP entre 1997 e 2001, terá como tema “Da construção do legado aos herdeiros do sonho”.

Já a instalação do banco com Luiz de Queiroz, escultura idealizada pelo professor Antonio Roque Dechen, com projeto artístico e execução de Luiz Eduardo dos Santos, acompanhamento da historiadora Marly Therezinha Perecin e confeccionada pela Fundição Euclides Libardi, passará a compor o acervo escultórico da Esalq.

Encerrando os atos comemorativos, será aberta a exposição “O que estamos celebrando hoje?”. Neste aniversário, a instituição tem a intenção de lembrar datas históricas sem se esquecer que esses atos evoluíram para uma contribuição efetiva para a sociedade, pois a Esalq não valoriza apenas seu passado, mas empenha-se em se manter como centro de excelência na contemporaneidade.