Uma oferta estruturada que combina soluções inovadoras e completas, com assistência agronômica de excelência e um histórico de resultados superiores comprovados. Esta é, a definição do PIN – Produtividade Integrada, iniciativa anual de produtividade integrada da Syngenta, da qual 3.527 produtores rurais brasileiros tomaram parte na última safra.

O programa, criado para incentivar agricultores a alcançar novos patamares de produtividade a partir da aplicação de soluções e protocolos integrados, nas culturas de soja, milho, trigo e café, encerra sua terceira edição com mais um salto de produtividade no campo e aumentos de mais de 100% na produção, em comparação à médias nacionais divulgadas pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e pela Agripoint.

Pelo terceiro ano consecutivo, os resultados alcançados pelos participantes do PIN foram altamente significativos. A produtividade média dos três sojicultores mais bem colocados no programa, por exemplo, foi 89,5% maior que a média nacional, totalizando 108 sacas de soja por hectare.

Para a cultura do milho verão, a média brasileira foi de 100,1 sacas por hectare, enquanto a registrada pelos primeiros colocados no PIN foi de 212,2 sacas por hectare – um aumento de mais de 109%.

No ciclo, os produtores de trigo vencedores do PIN também alcançaram uma produção muito significativa, atingindo cerca de 120 sacas por hectare, enquanto a média do País foi de 53 sacas por hectare.

Os resultados na categoria de milho silagem também surpreendem: o incremento médio alcançado pelos três primeiros colocados no PIN foi de 68.675 litros de leite por hectare, quantidade 94,9% maior que os 35.234 litros por hectare da média nacional.

E no primeiro ano da cultura do café no PIN, o resultado alcançado pelos produtores participantes do programa surpreenderam. Com 139 sacas por hectare, os três primeiros colocados do PIN tiveram uma produção muito superiores as 24 sacas por hectare da média nacional.

Com todos estes resultados positivos, o programa PIN abrange três importantes compromissos assumidos pela Syngenta em seu Plano de Agricultura Sustentável. Isso porque a aplicação das Soluções Integradas da empresa tem como objetivo viabilizar o alcance de mais produtividade usando menos recursos e insumos, fomentar a preservação ambiental e assegurar que os produtores envolvidos recebam orientações sobre a correta aplicação de tecnologias.

“O PIN é uma demonstração do que acreditamos na Syngenta. Independente da escala, seja um pequeno, médio ou grande produtor, todos podem produzir mais, todos podem ser campeões e nós queremos participar dessa evolução”, comemora João Paulo Zampieri, Diretor Comercial da Unidade Sul da Syngenta.

Fonte: AI